Fundamentos da saúde na África Ocidental: a importância do WASH nas instalações de saúde

WaterAid/Guilhem Alandry

O nosso resumo destaca como a falta de água, saneamento e higiene está a colocar vidas em risco nas instalações de saúde em toda a África Ocidental e que medidas os governos devem tomar para mudar isso com urgência.

Ninguém vai a uma unidade de saúde para ficar doente. No entanto, milhões de pessoas em toda a África Ocidental arriscam infeções e doenças quando procuram cuidados porque os médicos e enfermeiros nem sequer têm água limpa para lavar as mãos. A falta de água, saneamento e higiene nas unidades de saúde compromete os cuidados dignos e inclusivos dos doentes e a segurança dos profissionais de saúde — uma realidade inaceitável e evitável.

À medida que a região luta contra uma segunda onda de COVID-19, os profissionais de saúde e os pacientes da linha da frente devem ser protegidos. O nosso resumo da política exige que os governos tomem medidas urgentes investindo na infraestrutura WASH e promovendo o comportamento de higiene nas instalações de saúde.