Saúde, segurança e dignidade dos trabalhadores do saneamento

WaterAid/ Basile Ouedraogo

Uma análise global do trabalho de saneamento

Os trabalhadores do saneamento prestam um serviço público inestimável, vital para o nosso quotidiano e para o meio ambiente. No entanto, muitas vezes trabalham em condições que os expõem às piores consequências do mau saneamento — infeções debilitantes, lesões, estigma social e até mesmo morte — todos os dias.

Juntámos forças com o Banco Mundial, a Organização Mundial da Saúde e a Organização Internacional do Trabalho para esclarecer esta questão negligenciada. O nosso relatório é a exploração global mais extensa do tema até o momento. Nele, analisamos os problemas que os trabalhadores de saneamento enfrentam - com foco naqueles esvaziando poços e tanques e manutenção de esgotos - e exploramos boas práticas em todo o mundo.

Sugerimos áreas de ação destinadas a garantir aos trabalhadores sanitários: tenham os seus direitos reconhecidos; sejam apoiados para se organizarem como mão-de-obra; e melhorarem e formalizarem progressivamente as suas condições de trabalho. Desafiamo-nos, países e parceiros de desenvolvimento a agir e contribuir para melhorar a saúde, a segurança e a dignidade dos trabalhadores do saneamento, reconhecendo o seu papel crucial na consecução do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6.


Conheça os trabalhadores

Assista às nossas entrevistas com trabalhadores de saneamento e ativistas na Tanzânia, no Burkina Faso e na Índia e ouça os desafios que enfrentam, as mudanças que querem ver e o que querem que o setor de água, saneamento e higiene faça.

Júlio, Juma e Milinga

Ouça o Júlio e o Juma a descreverem os seus trabalhos como esvaziadores privados em Dar Es Salaam, Tanzânia. Milinga, dono do negócio, descreve como iniciou o seu negócio de saneamento porque não havia qualquer serviço na área, e os desafios que ainda permanecem.

Bande

Conheça Bande Alidou. Ele trabalha a esvaziar latrinas em Ouagadougou, Burkina Faso, e iniciou uma associação de esvaziadores. Em 2017, o Ministério da Água e Saneamento concedeu-lhe um prérmio por defender uma melhor proteção de saúde e segurança para outros trabalhadores de saneamento.

Bezwada

Esta é Bezwada Wilson, convocadora nacional para Safai Karmachari Andolan (Movimento dos Trabalhadores de Saneamento), com sede em Deli, na Índia. É um ativista que fala em todo o mundo pelos direitos dos trabalhadores de saneamento no seu país de origem, na Índia e além.