Um conto de cidades limpas: insights para planear o saneamento urbano do Gana, Índia e Filipinas

Posted by
WaterAid
in
Índia, Gana, Saneamento, Urbano
Thumbnail
WaterAid/Adam Ferguson

«A Tale of Clean Cities» é um projeto de pesquisa encomendado pela WaterAid para Parcerias na Prática, para aprender com a experiência de cidades em países em desenvolvimento que estão a fazer bons progressos no planeamento e fornecimento de serviços de saneamento em toda a cidade. San Fernando nas Filipinas, Visakhapatnam na Índia e Kumasi no Gana foram estudados.

A urbanização descontrolada e a proliferação de bairros degradados tornam o desenvolvimento do saneamento urbano um grande desafio. Para contribuir com os esforços para a meta do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de acesso universal ao saneamento, a pesquisa «A Tale of Clean Cities» teve como objetivo aprender com três cidades que estão a funcionar bem no saneamento: Kumasi, Gana; San Fernando, Filipinas; e Visakhapatnam, Índia.

As descobertas mostraram um progresso substancial, mas desigual, ao longo dos segmentos da cadeia de saneamento, e que os pobres urbanos e aqueles que vivem em áreas desafiadoras estão a ser deixados para trás. Motores comuns de progresso foram: campeões de saneamento ao nível municipal; influência política nacional; considerações económicas; e apoio de parceiros de desenvolvimento. O progresso resultou de oportunidades emergentes; o planeamento do saneamento municipal não foi um determinante fundamental.

No entanto, exercícios de planeamento constituíram contribuições significativas, como forjar uma visão aspiracional de uma cidade limpa. Essas contribuições positivas foram diversas, dependentes ao nível de desenvolvimento do saneamento na cidade. A pesquisa sugere que esse desenvolvimento poderia ser estruturado em três fases: pilotagem, consolidação e expansão em toda a cidade. As abordagens ao planeamento do saneamento urbano poderiam ser adaptadas a essas fases e às oportunidades políticas para maximizar a sua contribuição.