O mundo oculto dos trabalhadores do saneamento

WaterAid/ CS Sharada Prasad/ Safai Karmachari Kavalu Samiti

Garantir que nosso contacto com os resíduos humanos termine quando saímos da casa de banho é um dos trabalhos mais importantes da sociedade, mas em todo o mundo os trabalhadores de saneamento são, na sua maioria, invisíveis e desvalorizados. Neste Dia Mundial da Casa de Banho, que tem como tema “Não deixar ninguém para trás', juntamente com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o Banco Mundial e a Organização Mundial da Saúde (OMS), destacamos a situação dos trabalhadores do saneamento como um dos grupos mais vulneráveis da sociedade.

Os trabalhadores de saneamento vão desde funcionários públicos ou privados com equipamentos adequados, benefícios e proteção legal, até algumas das pessoas mais marginalizadas, pobres e discriminadas no mundo. Apesar de prestarem um serviço público essencial, um número incontável de trabalhadores em todo o mundo trabalha em condições perigosas e estigmatizantes que violam a sua dignidade e os direitos humanos básicos.

Poucos países em desenvolvimento têm diretrizes para proteger os trabalhadores do saneamento, deixando-os expostos a uma série de problemas de saúde e segurança. Não há estatísticas globais, mas só na Índia entre 2017 e final de 2018 houve, em média, uma morte de um trabalhador de saneamento a cada cinco dias, de acordo com as estimativas oficiais. Outras fontes estimam três vezes mais. Inúmeros mais sofrem infeções repetidas e lesões, e têm suas vidas encurtadas pelos riscos diários do trabalho.

O acesso a casas de banho decentes que gerem adequadamente os resíduos é um direito humano e faz parte do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 6. Precisaremos de muitos mais trabalhadores de saneamento em todo o mundo para alcançar esse objetivo ambicioso. O saneamento gerido com segurança deve andar de mãos dadas com a garantia de ambientes de trabalho seguros e dignos para as pessoas que administram e mantêm os serviços de saneamento que protegem nossa saúde.

No mais extenso relatório global sobre o bem-estar dos trabalhadores do saneamento até à data, esclarecemos esta questão extremamente negligenciada. O nosso resumo reúne descobertas do nosso relatório A saúde, segurança e dignidade dos trabalhadores de saneamento com histórias de trabalhadores de todo o mundo, para ajudar a identificar maneiras de melhorar seu bem-estar. Transfira o PDF para saber mais.