Em 2015, os governos da ONU concordaram com 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para orientar todos os países, pois visam acabar com a pobreza extrema, reduzir as desigualdades e enfrentar as mudanças climáticas globalmente até 2030. O objetivo 6 visa garantir que todos tenham água potável e saneamento geridos de forma sustentável.

Água limpa, casas-de-banho decentes e boa higiene são direitos humanos, aos quais milhões de pessoas têm seu acesso negado. Sem acesso, as pessoas não têm a mesma chance de serem saudáveis, educadas e financeiramente seguras. Alcançar os objetivos pode mudar isso para todos.

O Objetivo 6 – e dentro dele, metas específicas sobre água, saneamento e higiene (WASH) – mostra que os líderes mundiais entendem a importância de tornar esses itens essenciais normais para as pessoas mais marginalizadas do mundo.

Apesar do progresso, 771 milhões de pessoas ainda não têm água potável perto de casa e 1,7 mil milhões não têm um banheiro decente. Isso custa vidas e impede que famílias, comunidades e países atinjam seu pleno potencial. 

É também uma negação dos direitos humanos das pessoas à água e ao saneamento. Os governos não estão fazendo o suficiente, e precisamos responsabilizá-los e garantir que cumpram sua promessa. Assista à nossa animação para descobrir por que o Objetivo 6 é fundamental para acabar com a pobreza extrema.

Foco nas desigualdades

Sem acesso a água potável, casas-de-banho decentes e higiene, as pessoas não têm a mesma chance de ser saudáveis, educadas e financeiramente seguras. Instamos a ONU a priorizar o alcance dos mais atrasados e garantir um financiamento mais equitativo e inclusivo.

Modinatu Sofola, de 37 anos, olha para os novos apartamentos desde sua casa no bairro degradado de Ajeromi-Ifelodun em Lagos, Nigéria, setembro 2016
Image: WaterAid/ Tom Saater

UN-DESA – o Departamento de Assuntos Económicos e Sociais das Nações Unidas – reconheceu nossa abordagem de fortalecimento de sistemas como uma boa prática para alcançar todos com acesso duradouro a WASH e alcançar o Objetivo 6.

O fortalecimento de sistemas é fortalecer o ambiente no qual os serviços e comportamentos WASH são introduzidos, para que todos continuem a se beneficiar muito depois. Ele é sustentado pelos direitos humanos à água e ao saneamento e baseado em uma análise e aprendizado profundos e contínuos do contexto. Tem como objetivo:

  • capacitar os cidadãos a exigir seus direitos
  • construir governos fortes e responsáveis em todos os níveis
  • fortalecer os processos institucionais públicos
  • demonstrar modelos sustentáveis e inclusivos de entrega de WASH que os governos podem ampliar

O reconhecimento da ONU sobre o nosso trabalho como boas práticas ajudará a destacá-lo para outras pessoas que trabalham no WASH como uma abordagem forte para alcançar o Objetivo 6.

Qual é o próximo?

Estamos apoiando as comunidades a exigirem os serviços a que têm direito e garantindo que ninguém se esqueça das promessas feitas. Para enfrentar o desafio e tornar a água potável, casas-de-banho decentes e boa higiene normal para todos, em todos os lugares serão necessários esforços sustentados e coordenados por toda a comunidade global.

Continuaremos a melhorar a forma como trabalhamos juntos para alcançar objetivos interconectados e pressionar por ações urgentes e eficazes porque sabemos que a mudança precisa acontecer agora. Continuaremos apoiando as pessoas mais marginalizadas para que conheçam e possam exigir seus direitos à água e ao saneamento. E acompanharemos o progresso na implementação e financiamento , para que as pessoas possam responsabilizar os governos e garantir os direitos de todos, em todos os lugares, sejam atendidos com serviços sustentáveis que durem muito além de 2030.

Acompanhe o que fizemos na reunião de 2019 do Fórum Político de Alto Nível da ONU, quando 11 países onde temos presença relataram o seu progresso em direção às metas globais.

Latest resources and expert opinion

Top image: Bizuayehu Anteneh drinks clean water from a public tap installed near her house in Addis Alem Village, Amhara Regional State, Ethiopia, September 2021.

Second image: Fatimata Coulibaly, 29, a member of the Benkadi women's group who is in charge of water monitoring and management, taking a reading of the water meter of the water tower, Kakounouso, Samabogo, Circle of Bla, Segou Region, Mali, February 2019.

Page last updated: April 2024.